ERP para e-commerce

ERP para e-commerce: por que minha loja precisa de um?

Você já reparou como o modelo e-commerce vem sendo cada vez mais adotado por pessoas que desejam empreender? Com o desenvolvimento da tecnologia e a amplitude do alcance da internet, um mundo repleto de possibilidades se abriu para futuros empresários: a chance de vender online. Nesse cenário, os altos custos com o varejo físico são deixados para trás.

No entanto, por mais que o contexto seja promissor, ainda há espaço para melhora. Afinal de contas, é preciso não só lidar com os concorrentes, mas buscar constantemente por formas de aperfeiçoar o serviço da loja para que o negócio consiga atrair cada vez mais clientes. Aí é que entra o uso de ferramentas de gestão.

O Enterprise Resource Planning (ERP), por exemplo, é uma aposta certeira para tornar a administração da empresa virtual mais eficiente, moderna e segura. Então saiba desde já: sem dúvida, integrar um e-commerce com esse sistema é uma das melhores decisões de gestão que um empreendedor pode tomar.

Ficou curioso para saber mais sobre essa solução digital tão poderosa e as vantagens que ela proporciona? Acompanhe agora mesmo nosso post para entender por que você deve apostar no ERP para e-commerce se quer ver seu negócio decolar!

No fim das contas, o que é um ERP?

O Enterprise Resource Planning é um sistema de gestão empresarial que conta com diversas ferramentas para ajudar o empresário na administração do seu negócio, conferindo mais controle sobre todos os processos.

Amplamente conhecido, o ERP faz jus à fama que tem por ser uma solução extremamente importante para empreendedores de qualquer segmento conseguirem organizar as tarefas do seu negócio da forma mais simplificada e rápida possível, além de poderem acompanhar o desempenho da empresa bem de perto.

Que benefícios um ERP para e-commerce traz?

Controlar não só o volume de vendas, mas também as informações e os contatos de uma loja virtual: sobretudo na velocidade em que as transações acontecem hoje em dia, essa tarefa fica muito mais difícil sem a ajuda de um sistema digital.

A verdade é que mesmo um e-commerce pequeno deve ter domínio sobre suas operações e implementar processos organizados. Esse investimento é essencial não apenas para a evolução do próprio negócio, mas também para oferecer a melhor experiência de compra para os clientes.

Para entender melhor, conheça agora mesmo 7 das principais vantagens do ERP para e-commerce e entenda por que sua loja precisa adotar essa solução o quanto antes!

1. Integra todos os setores

Uma das maiores vantagens do ERP para e-commerce é o poder que esse sistema possui de integrar em um só lugar todos os setores da empresa, do financeiro a vendas, passando por compras, cadastro de clientes e estoque, entre outros. Esse recurso é simplesmente indispensável para o empreendedor, pois favorece o controle, a precisão e a organização das informações.

Nesse caso, em vez de ter que lidar com diversas planilhas diferentes, o empresário só tem que consultar o sistema para administrar sua loja virtual. Não restam dúvidas, portanto, que a adoção desse software torna a rotina no negócio muito mais simples, mais rápida e, consequentemente, bem mais produtiva.

2. Melhora o controle do estoque

Ter uma loja virtual operando de forma eficaz é também saber cuidar muito bem do seu estoque. Imagine se você oferece determinados itens no site, mas só descobre que eles na verdade não estão disponíveis depois que os clientes os compram. Essa pode ser a fonte de muitos e muitos transtornos! Ao mesmo tempo, comprar demais e não monitorar os níveis dos materiais estocados é um problema para o capital de giro da empresa.

Para resolver não só esses casos, mas tantos outros, a implementação do ERP cai como uma luva. Com esse sistema, é possível controlar o estoque e gerenciá-lo de acordo com seu volume de vendas, o que é crucial para o sucesso e a rentabilidade da loja.

3. Automatiza processos

Qualquer e-commerce tem que lidar com muitas tarefas burocráticas, demoradas e cansativas, que tomam um tempo precioso do empresário. Não seria melhor se concentrar em atividades mais estratégicas? Com a ajuda de um Enterprise Resource Planning, isso é mais que possível!

Fazer conferências e atualizar planilhas de estoque e vendas, por exemplo, são ações que podem ser realizadas automaticamente pelo sistema. Como consequência, os processos da loja se tornam mais rápidos, precisos e eficientes.

4. Promove redução de custos

Pegando um gancho com o tópico anterior, vale lembrar que algumas etapas administrativas de uma loja virtual geram desperdício de tempo e de recursos. Feitas manualmente, tarefas complexas quase sempre geram erros e retrabalho.

Enquanto isso, a automação elimina falhas e agiliza atividades, contribuindo assim para reduzir custos operacionais. Além disso, como o empreendedor consegue ter uma visão mais completa do negócio, pode facilmente comparar dados, encontrando lacunas e oportunidades de economia em seus processos.

5. Favorece a gestão financeira

O ERP para e-commerce possui também um módulo financeiro em que o empreendedor concentra as informações sobre seu fluxo de caixa. Acompanhar as movimentações de dinheiro e ter um domínio maior das contas a pagar e receber: isso é simplesmente essencial para a saúde de qualquer negócio.

Com essa dose extra de organização, o gestor dificilmente passará por imprevistos financeiros, podendo planejar seus recursos e projetar investimentos para garantir o futuro da sua loja.

6. Auxilia nas tomadas de decisão

Um atributo interessante do ERP é a possibilidade de gerar relatórios e gráficos baseados na análise dos dados da loja. Esses instrumentos são valiosos para uma tomada de decisão mais certeira e um planejamento cada vez mais estratégico.

Com base nas informações coletadas, é possível descobrir aspectos importantes para melhorar o desempenho do e-commerce, aproveitando as oportunidades de mercado que antes passavam despercebidas.

7. Contribui para a fidelização dos clientes

Como dissemos no tópico anterior, a análise de dados proporcionada pelo ERP para e-commerce dá uma visão ampla sobre a performance do negócio. O empreendedor pode usar estrategicamente as informações sobre os clientes a fim de compreender melhor seu público-alvo e, então, aprimorar sua relação com ele, desenvolvendo promoções e divulgações personalizadas e, portanto, mais eficazes.

Ao mesmo tempo, como o ERP promove uma maior organização e agilidade aos processos da loja, os clientes certamente serão os primeiros a perceber a melhora no funcionamento do e-commerce. Afinal, um sistema falho, que demora a processar pedidos e não passa as informações certas, por exemplo, dificilmente conseguirá fidelizar seus clientes e fortalecer sua marca.

Sem controle e organização, o empreendedor corre um grande risco não só de ter que lidar com muitas reclamações, mas de efetivamente perder clientela. Consequentemente, sua loja não será tão lucrativa e competitiva.

Viu como contar com um ERP para e-commerce ajuda a explorar todo o potencial do seu negócio? Gostou de conferir todas essas vantagens e está pronto para revolucionar sua gestão? Só não se esqueça de, antes, compartilhar este texto em suas redes sociais para ajudar seus amigos a conhecerem melhor essa ferramenta!

Autor Contsimples Fransico

Francisco Melo Jr.

Especialista em contabilidade para pequenos negócios, com 20 anos de experiência.
Palestrante nas horas vagas e head de contabilidade da ContSimples, dedica seu tempo a descomplicar a rotinas contábeis e a escalar montanhas por aí.



Comentários:

×