Foco nas mãos de uma mulher segurando um iPhone

Entenda a importância da nota fiscal eletrônica

Entenda a importância da nota fiscal eletrônica

A nota fiscal eletrônica já faz parte do nosso dia a dia e a sua importância é enorme para as empresas! Mas, mesmo assim muitos ainda encontram dúvidas sobre suas funcionalidades e como fazer a emissão!

Pensando nisso criamos esse texto, que vai lhe mostrar como utilizar e tudo o que é preciso saber sobre nota fiscal eletrônica! Confira!

Afinal, o que é nota fiscal eletrônica?

A NF-e tem o mesmo objetivo das notas de papel, que são geradas em todas as operações de venda de produtos ou serviços. Mas, ao contrário delas a eletrônica é emitida e armazenada digitalmente, ou seja, é a versão online do documento.

Ela tem validade legal, garantida por assinatura digital da empresa e de quem paga pelo produto ou serviço!

Os principais tipos de nota fiscal eletrônica são:

Cupom Fiscal Eletrônico do Estado de SP

Esse modelo é emitido para clientes de empresas de SP, para gerar a nota é preciso adquirir o SAT (Sistema Autenticador e Transmissor de Cupons Fiscais Eletrônicos). O estado autoriza que seja utilizado o modelo nacional de NFC-e, mas exige a presença do modelo em todos os estabelecimentos.

Nota Fiscal de Serviços Eletrônica

Modelo que surgiu para substituir as notas impressas que até então eram emitidas nas prestações de serviços. Enviada para a receita municipal que a empresa se localiza e podem ser enviadas via e-mail, quando o serviço é feito a distância junto do DANFE. Importante saber que cada prefeitura possui seu próprio sistema ou contatado de terceiros.

Nota Fiscal Eletrônica Estadual

Esse modelo é voltado para transações comerciais e substitui o modelo 1-A e é enviada para a receita estadual onde a empresa se localiza.

Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica

Emitida como nota fiscal eletrônica e enviada diretamente ao Sefaz, o DANFE pode ou não ser impresso em impressoras não fiscais, quando o cliente quiser receber a nota. Além disso, ela pode ser consultada na Sefaz e possui QR-Code.

O que é preciso para emitir NF-e?

Para fazer a emissão de nota fiscal eletrônica é obrigatório estar registrado. Ou seja, é preciso ter o CNPJ do negócio.

Além disso, é necessário ter certificado digital para emitir, que oferece garantia de validade jurídica para a empresa.

Com certificado e inscrição estadual a empresa pode fazer emissão de notas fiscais no Bling e economizar em média 15 minutos de retrabalhos e digitação. Todo o processo no ERP é concluído em menos de 40 segundos de forma prática, clara e objetiva!

E mais:

Com a nota fiscal eletrônica as empresas reduzem custos de impressão, papel, envio de documentos, reduz erros de escritos, diminuem sonegação e muitas outras vantagens para os empreendedores!

É muito importante conhecer as funcionalidades dos processos que cada dia são mais frequentes dentro dos negócios!

Aproveite e conheça na prática a emissão de nota fiscal eletrônica no Bling, utilizando o cupom #contsimples clientes ContSimples tem 3 meses grátis!

 


Comentários: