benefícios de abrir uma empresa

Benefícios de abrir uma empresa

No cenário atual em que a concorrência é intensa, é preciso aproveitar todas as chances de otimizar o seu negócio para ter destaque no mercado. Confira alguns benefícios de abrir uma empresa!

Emissão de Nota Fiscal

Não ser legalizado impede que profissionais emitam comprovantes de sua prestação de serviço.
Emitindo Nota Fiscal, você comprova que é totalmente legalizado e cumpre suas obrigações tributárias como pessoa jurídica, passando a existir para o mercado.

Seja um conserto, uma consulta, um produto,  não receber a Nota Fiscal gera um desconforto, uma sensação de que algo não está certo.

Contrato social e Alvará

Ter  Contrato Social e  Alvará são outros benefícios que estar legalizado traz.
Com esses documentos e a sua movimentação – seu faturamento, é possível abrir conta em banco e ter acesso a recursos como:  empréstimos e financiamentos, tanto para investir no seu negócio através de capital de giro (dinheiro) ou para aquisição de bens (equipamentos/móveis) para aumentar a sua capacidade de produção e geração de renda.

Crédito Pessoal

Além de todos os benefícios fiscais, não podemos esquecer da sua avaliação financeira pessoal.
É possível ter linhas de crédito pessoal e limite de cartões de crédito maior. O sonho da casa própria,  carro novo ou aquela viagem dos sonhos, poderão ser realizados.

INSS

Sendo legalizado e com o recolhimento do seu INSS através do Pró-Labore, você passará a ter direito à aposentadoria, auxílio doença, licença maternidade. Você passa e ser segurado do INSS gastando muito menos.

Custo com impostos

Fazendo o recolhimento dos impostos como autônomo, você fica sujeito ao INSS com o percentual de 20% sobre a sua renda e de até 27,5% para o Imposto de Renda. Uau, é muita coisa, né?

Legalizado como empresa, o percentual de impostos para a Receita Federal pode ser a partir de 6% (Simples Nacional) conforme a sua atividade, e o INSS será 11% sobre o valor do Pró-labore.

Resumindo:

Você se destaca em relação aos seus concorrentes informais porque  quando você se transforma em empresa (MEI ou ME), você aparece para os seus clientes, para o Governo e para os bancos e ainda paga menos imposto.


Comentários: