4 pessoas na mesa com laptop trabalhando

4 dicas para melhorar o seu controle financeiro empresarial

Ao lado da vontade de se tornar um empreendedor e alavancar o seu negócio está o controle financeiro empresarial. Para manter os custos fixos e variáveis controlados é preciso ter uma boa otimização do fluxo de recursos da empresa. Aqui, a velha máxima de que prevenir é melhor do que remediar é bastante válida.

Afinal, com um bom controle o empresário pode se prevenir e estar preparado para enfrentar situações que coloquem o seu comércio em risco. Você, empreendedor, tem dúvidas de como realizar um bom e efetivo controle financeiro empresarial?

Elaboramos este artigo com 4 dicas de como proceder para promover a boa saúde financeira do seu negócio. Continue a leitura até o final para não perder nenhuma informação e descobrir um pouco mais sobre o assunto!

1. Comece a fazer o planejamento financeiro o quanto antes

Essa é uma dica de grande importância, pois o fator tempo é algo decisivo no mundo dos negócios. Se a sua empresa demora um longo prazo para começar o seu planejamento, pode ser que surjam dificuldades e empecilhos que atrapalhem a boa execução da sua estratégia financeira.

Outro detalhe que merece atenção é o fato de que muitos empreendedores acreditam que é preciso realizar somente o planejamento e colocá-lo em prática. Entretanto, existem outras etapas que são fundamentais para a verdadeira otimização e implementação do seu planejamento financeiro.

Em primeiro lugar, deve-se programar e organizar todos os seus gastos, as receitas e outros processos financeiros da sua empresa. Existem diversos softwares e planilhas eletrônicas que podem auxiliar na elaboração do planejamento. Depois disso, é preciso checar se a sua estratégia está gerando resultados positivos. Algumas perguntas associadas a análises de indicadores podem ajudar nessa análise.

  • Os pagamentos dos fornecedores estão em dia?
  • Os salários dos colaboradores foram pagos no prazo estipulado?
  • Qual é o capital de giro mensal do negócio?

Essas indagações podem fornecer dados importantíssimos para a checagem da validação do seu planejamento financeiro empresarial.

Além de tudo isso, não se esqueça de definir metas e, principalmente, de tentar alcançá-las!

2. Considere pedir ajuda a um consultor

Contar com o acompanhamento de um profissional com experiência no assunto é bem melhor, certo? Por isso, invista na ajuda de empresas de consultoria que podem auxiliar você a realizar um planejamento financeiro efetivo e em conformidade com as capacidades do seu negócio.

Existem alguns serviços prestados por essas consultorias que são de fundamental importância:

  • análise do fluxo de caixa e de indicadores financeiros;
  • formatação dos preços de produtos/serviços;
  • planejamento do pagamento de dívidas;
  • estruturação de todos os processos comerciais.

Com essa ajuda fica mais fácil para o empresário contabilizar cada centavo que entra e sai do seu negócio. Além disso, medidas podem ser tomadas para sanar os problemas operacionais que foram identificados na consultoria. Por isso, é preciso desmistificar o velho pensamento de que uma consultoria financeira tem a função de somente aumentar os lucros do negócio.

Fique atento a todas essas recomendações e procure incorporá-las ao seu negócio o quanto antes!

3. Registre e acompanhe regularmente as operações financeiras

Como já foi dito, ficar atento aos indicadores da sua empresa é fundamental para melhorar o controle financeiro empresarial. Afinal, é sempre bom lembrar que contar com dinheiro em caixa torna muito mais fácil a quitação de dívidas e a previsão de pagamento de todos os custos.

Por isso, independentemente do mercado de atuação da sua empresa, é imprescindível que todas as operações financeiras correlacionadas ao seu negócio sejam auditadas periodicamente.

Todos os processos administrativo-operacionais se encaixam na definição desse termo. Os valores de faturamento, os investimentos e os financiamentos bancários são exemplos de operações financeiras bastante frequentes.

É muito comum que a maioria dos empreendedores tenha dúvidas na análise e no controle desses indicadores, o que pode ser extremamente prejudicial à saúde financeira do comércio. Além disso, outro fato que merece atenção é referente ao registro desses dados — como veremos no próximo tópico deste texto.

4. Invista em tecnologia para melhorar o seu controle financeiro empresarial

A tecnologia mudou profundamente o mundo corporativo e as formas de gestão de um negócio. Nesse cenário, muitas empresas passaram a utilizar softwares e outras ferramentas tecnológicas para auxiliar na tomada de decisões e no arquivamento de informações operacionais.

Dessa forma, ter um bom programa é algo que pode ajudar muito no acompanhamento regular das operações financeiras. Vamos exemplificar a situação para facilitar a compreensão da importância desse fator.

Imagine que um comércio registre todas as vendas e contas a pagar em agendas de papel. No entanto, em um certo dia não houve a inclusão desses dados nas tais agendas. Com isso, o empresário perdeu as informações e não soube quais foram as receitas obtidas, não tendo como avaliar o desempenho financeiro da sua empresa. Essa situação embaraçosa é muito comum e pode gerar diversos prejuízos.

Um exemplo de como é possível alavancar as suas atividades é a utilização de serviços de contabilidade online. Com uma interface intuitiva e voltada para as necessidades dos pequenos e médios empresários, fica bem mais fácil imprimir mais profissionalismo ao seu negócio. Além disso, é possível ter mais organização e uma melhoria na produtividade da parte contábil do comércio.

Afinal, é de extrema importância ressaltar que a Receita Federal exige o repasse das informações legais regularmente, e nenhum empresário quer ter problemas com o Fisco, certo?

A emissão de notas fiscais, além da obrigatoriedade legal, é uma atividade que pode gerar muitas dúvidas para o pequeno empresário — principalmente para quem está começando a empreender. A contabilidade online pode ajudar nesse processo, com o recebimento dos dados e a geração de Notas Fiscais Eletrônicas (NFe).

Conseguiu entender um pouco mais sobre o assunto? Melhorar o seu controle financeiro empresarial deve ser uma rotina para alavancar o seu negócio no competitivo mercado brasileiro. Agora, que tal realizar aquela grande mudança nas finanças do seu negócio? Temos certeza de que o nosso e-book pode ajudar você a organizar melhor a vida financeira da sua empresa. Não perca tempo e veja agora mesmo!

Autor Contsimples Fransico

Francisco Melo Jr.

Contador especializado em micro e pequenas empresas com 20 anos de experiência.
Head de Contabilidade da ContSimples, dedica seu tempo a descomplicar a contabilidade e a escalar montanhas por aí.



Comentários: